Bem vindo ao Arinos Notícias, Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017
Noticia
     
27 de Outubro, 2017 - 09:20
Travesti deficiente é estuprada, espancada, tem braço quebrado e suspeito é preso em MT

Travesti, de 21 anos, é deficiente, usa muletas para andar e sofre de esquizofrenia. Vítima foi arrastada e estuprada em casa abandonada.

 








Um homem de 34 anos foi preso na noite dessa quarta-feira (25) suspeito de ter estuprado, espancado e tentar matar uma travesti, de 21 anos, em Alto Taquari, a 509 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu na madrugada do dia 12 de outubro. A vítima tem esquizofrenia, é deficiente e usa muletas para andar. Ela teve o braço quebrado e foi gravemente ferida pelo suspeito.



Juarez de Jesus dos Santos, de 34 anos, negou o crime à Polícia Civil. O G1não localizou o advogado dele. De acordo com a Polícia Civil, ele teve a prisão preventiva decretada pelo crime de estupro e lesão corporal.



A travesti retornava de um posto de combustível, onde havia feito uma compra na conveniência, quando foi abordada de forma agressiva por Juarez, que obrigou relações sexuais com a vítima.





“Ele a arrastou para uma casa abandonada e praticou vários atos com ela. Ele chegou a quebrar o braço dela, arrancar a unha e parte dos cabelos. Depois do abuso, o estuprador tentou matá-la e a agrediu com pauladas e até jogou um tijolo na cabeça dela”, afirmou o delegado Fernando Fleury ao G1.




No dia 20 de outubro, outra travesti, dona de um bar, registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil alegando que foi agredida no dia 13, no estabelecimento. A polícia descobriu que as duas situações foram cometidas pela mesma pessoa.





“Esse suspeito foi no bar, bebeu, tirou a roupa e ficou se esfregando nas funcionárias. Ele agrediu a dona, que é travesti, deu chutes e socos. Ele é quase um maníaco”, comentou Fleury.




Juarez estava hospedado uma pensão e trabalhava em uma empresa de colheita de cana em uma fazenda na região. “Essa travesti está mentalmente muito abalada, fica trancada em casa. [No dia do crime] ele a deixou praticamente desfalecida e tentou de todas as formas matá-la”, declarou o delegado.Juarez está preso na delegacia e deve ser levado para audiência de custódia. Se a Justiça manter a prisão, ele será encaminhado para a cadeia pública de Alto Araguaia, a 426 km de Cuiabá.

 




 

Fonte: Olhando a Noticia
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
* O Arinos Noticias não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
mais notícias
21/11/2017
19/11/2017
18/11/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
enquete
O que você prefere ler?
Polícia
Política
Agronegócios
Variedades
Educação

Se nenhuma das opções sugeridas for de sua escolha, mande sua sugestão através do menu contato
Copyright © 2017 - Arinos Notícias