Bem vindo ao Arinos Notícias, Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017
Noticia
     
30 de Outubro, 2017 - 16:03
Sindicalistas ocupam sede da Sefaz e pressionam por aumento salarial

Cerca de 200 servidores que compõem a Área Meio do Executivo Estadual ocuparam, na tarde desta segunda-feira (30), a sede da Secretaria de Fazenda do Estado, com objetivo de pressionar o governador Pedro Taques (PSDB) a reajustar a tabela salarial da categoria antes dos deputados estaduais analisarem, em segunda votação, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Teto de Gastos.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Profissionais da Área Instrumental do Governo (Sinpaig), Edmundo César, a “reivindicação é contra a PEC, a favor do realinhamento salarial e pela aplicabilidade da lei 10.212/2014, que trata da reestruturação de carreira da Área Meio”.

Após deixar o prédio da Sefaz, os servidores devem ocupar os prédios da Casa Civil e a Secretaria de Gestão do Estado (Seges), que ficam anexos ao gabinete do governador, no Palácio Paiaguás.

“Vamos ficar até às 18 horas aqui na Sefaz, terça-feira [31] na Casa Civil e na quarta-feira [1º de novembro] será na Seges”, explicou o presidente do Sinpaig.

Objetivo o grupo de servidores é conseguir que os deputados estaduais coloquem o projeto em votação antes da PEC do Teto com a finalidade de conseguir o direito, já que depois que a medida, que impõe limite para os gastos públicos, for aprovada, o reajuste não poderá ser mais analisado pelo Legislativo.

“Estamos esperando isso desde 2010, quando foi acatada uma parte da reestruturação e o restante ficou para depois, porém, esse depois nunca chega. (...) Se eles aprovarem a PEC fica difícil de conseguir o realinhamento. Estamos preocupados com isso porque o Governo prometeu e até agora não cumpriu”, observou.

Edmundo César destacou, ainda, que a proposta já foi discutida com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB).

“A Assembleia está do nosso lado por meio presidente Eduardo Botelho, que já tem conhecimento da nossa reivindicação que é justa”, revelou.

Fonte: ReporterMT
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
* O Arinos Noticias não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
mais notícias
21/11/2017
19/11/2017
18/11/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
enquete
O que você prefere ler?
Polícia
Política
Agronegócios
Variedades
Educação

Se nenhuma das opções sugeridas for de sua escolha, mande sua sugestão através do menu contato
Copyright © 2017 - Arinos Notícias