Bem vindo ao Arinos Notícias, Terça-Feira, 12 de Dezembro de 2017
Noticia
     
30 de Novembro, 2017 - 13:51
Processo de juiz demitido contra promotora Roberta Cheregati é arquivado pelo presidente do TJ-MT

Ariel Soares afirmou que Roberta Sanches mentiu e deturpou fatos em processo disciplinar


O presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargador Rui Ramos Ribeiro, arquivou um procedimento investigatório que apurava suposto crime de falso testemunho atribuído à promotora Roberta Cheregati Sanches, da Promotoria de Justiça de Juara (696 km de Cuiabá).


A acusação de falso testemunho foi feita pelo ex-juiz Ariel Rocha Soares, que foi demitido em dezembro de 2014 por se embriagar diversas vezes no exercício da função, possuir conduta incompatível com a Magistratura, demorar a julgar processos e por ter feito “cavalinhos-de-pau” com seu carro no pátio do Fórum de Tabaporã (537 km de Cuiabá).


Segundo ele, em denúncia encaminhada à Ouvidoria do Ministério Público Estadual (MPE), a promotora mentiu e deturpou informações no processo disciplinar que resultou em sua demissão.


Na época, foi Roberta Sanches quem denunciou as condutas de Ariel Soares à Corregedoria Geral da Justiça, ocasião em que ela atuava na mesma localidade que o então juiz.


A demissão de Ariel Soares também foi mantida pelo Conselho Nacional de Justiça, no dia 25 de abril deste ano.


A acusação do ex-juiz contra Roberta Sanches, todavia, foi desqualificada pelo Ministério Público Estadual (MPE).


De acordo com o MPE, não há qualquer indício de que a promotora tenha praticado o crime, logo não há motivo para dar prosseguimento à investigação.


O entendimento do Ministério Público foi compartilhado com o desembargador Rui Ramos, que acolheu a manifestação e determinou o arquivamento da representação.


Rui Ramos, porém, ressaltou que a investigação pode ser aberta caso surjam novas provas.


“Atendendo ao requerimento formulado pelo Promotor de Justiça e em respeito ao princípio da publicidade dos atos, dê-se ciência à Promotora de Justiça Roberta Cheregati Sanches, ao representante, Sr. Ariel Rocha Soares, utilizando-se para tanto do endereço de e-mail rocha_soaresariel@hotmail.com (indicado às fls. 03), e também à Ouvidoria Geral do Ministério Público do Estado de Mato Grosso”, decidiu.
Fonte: LUCAS RODRIGUES - Mídia Jur
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
* O Arinos Noticias não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
mais notícias
12/12/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
enquete
O que você prefere ler?
Polícia
Política
Agronegócios
Variedades
Educação

Se nenhuma das opções sugeridas for de sua escolha, mande sua sugestão através do menu contato
Copyright © 2017 - Arinos Notícias