Bem vindo ao Arinos Notícias, Sábado, 20 de Outubro de 2018
Noticia
     
17 de Maio, 2018 - 17:36
Acontecerá amanhã dia 18 de Maio em Tabaporã a Caminhada pela Paz e Contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Todos os anos durante a quaresma a Igreja do Brasil propõe um tema para reflexão, chamamos este período de reflexão de Campanha da Fraternidade. Neste ano de 2018 o tema foi: “Fraternidade e superação da violência”. Em nossa Paróquia Santo Antônio de Tabaporã ao estudar o texto base da Campanha da Fraternidade fizemos um cronograma de atividades:

- Antes da Quaresma - Formação de Lideranças - Ver

- Durante a Quaresma - Refletir o tema nos grupos de reflexão, celebrações, catequese, Infância e Adolescência Missionária - Julgar.

- Após a Páscoa - definir o gesto concreto a partir do tema - agir

Para cumprir o planejado elaboramos na semana após a Páscoa uma celebração onde os diversos grupos de reflexão, também algumas pastorais e entidades convidadas, partilharam as luzes e sombras percebidas e, para nossa alegria, conseguimos montar uma equipe para articular um trabalho de superação da violência com nossas crianças, adolescentes, e jovens.

Após algumas reuniões e estudos escolhemos o nome para este trabalho: “Projeto Cultura da Paz”, escolhemos também uma escola para ser "nosso projeto piloto" onde começaremos os trabalhos.

Hoje o grupo foi ampliado, conta com representantes do conselho tutelar, a Polícia Civil, e Polícia Militar, as escolas e outras Igrejas.

Continuamos estudando quais as ações mais necessárias de acordo com a realidade, para assim definir cronograma de atividades ao longo do ano.

Como atividade de lançamento oficial do Projeto, pensamos em fazer uma “Caminhada pela paz e contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes” no dia 18 de maio.

DIA 18 DE MAIO É O DIA NACIONAL DE COMBATE AO ABUSO. Com a ajuda e a colaboração de várias entidades: Escolas Municipais e Estaduais, Secretária Municipal de Educação, Conselho Tutelar, Promotoria e Ministério Público, Secretária Municipal de Saúde, NASF, Secretaria Municipal de Ação Social, Polícia Civil e Militar, também as Igrejas e a equipe do Projeto. A idéia é sair às ruas com nossas crianças, adolescentes e jovens manifestando o desejo de paz e a importância de proteger as vítimas de abuso. Ao final da caminhada os alunos farão apresentações relacionadas ao tema.

Hoje já aconteceu a caminhada em Americana do Norte.


Amanhã acontecerá em Tabaporã. Confira a programação da Caminhada. Entre 07:40 e 08:00 todas as Escolas Estaduais e Municipais se reunirão na Praça dos Desbravadores, logo em seguida se deslocarão até o Ginásio da Escola Municipal Menino Jesus.


Na próxima quarta-feira dia 23 acontecerá a caminhada no Distrito de Nova Fronteira.


POR QUE 18 DE MAIO? Neste dia, em 1973, uma menina de 8 anos, de Vitória (ES), foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada. Seu corpo apareceu seis dias depois, carbonizado e os seus agressores nunca foram punidos. Com a repercussão do caso, e forte mobilização do movimento em defesa dos direitos das crianças e adolescentes, 18 de maio foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Desde então, este tornou-se o dia para que a população brasileira se una e se manifeste contra esse tipo de violência.


O QUE É VIOLÊNCIA SEXUAL? É a situação em que a criança ou o adolescente é usado para o prazer sexual de uma pessoa mais velha. Ou seja, qualquer ação de interesse sexual, consumado ou não. É uma violação dos direitos sexuais das crianças e adolescentes, porque abusa ou explora do corpo e da sexualidade, seja pela força ou outra forma de coerção, ao envolver crianças e adolescentes em atividades sexuais impróprias à sua idade, ou ao seu desenvolvimento físico, psicológico e social.


ABUSO X EXPLORAÇÃO A violência sexual pode ocorrer de duas formas distintas. Abuso sexual é qualquer forma de contato e interação sexual entre um adulto e uma criança ou adolescente, em que o adulto, que possui uma posição de autoridade ou poder, utiliza-se dessa condição para sua própria estimulação sexual, da criança ou adolescente, ou ainda de terceiros, podendo ocorrer com ou sem contato físico. Já a exploração se caracteriza pela utilização sexual de crianças e adolescentes com a intenção de lucro, seja financeiro ou de qualquer outra espécie. São quatro formas em que ocorre a exploração sexual: em redes de prostituição, pornografia, redes de tráfico e turismo sexual.


PREVENÇÃO A melhor maneira de se combater a violência sexual contra crianças e adolescentes é a prevenção. É necessário um trabalho informativo junto aos pais e responsáveis, a sensibilização da população em geral, e dos profissionais das áreas de educação e jurídica, com a identificação de crianças e adolescentes em situação de risco, e o acompanhamento da vítima e do agressor.


DENUNCIE Além da prevenção, o combate a essa realidade exige que os casos sejam denunciados. Portanto, se souber de algum caso de violência sexual infantil, procure o conselho tutelar, delegacias especializadas, polícias militar, federal ou rodoviária e ligue para o Disque Denúncia Nacional, de número 100. Você pode agir.


Proteja nossas crianças e adolescentes. Faça bonito e disque 100.


 

Fonte: Arinos Notícias/Com Assessoria Rafaeli Missionária da Igreja Católica.
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
* O Arinos Noticias não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
mais notícias
19/10/2018
18/10/2018
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
enquete
O que você prefere ler?
Polícia
Política
Agronegócios
Variedades
Educação

Se nenhuma das opções sugeridas for de sua escolha, mande sua sugestão através do menu contato
Copyright © 2018 - Arinos Notícias