Bem vindo ao Arinos Notícias, Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018
Notícia
     
9 de Julho, 2018 - 17:31
Oito meninos já estão fora de caverna na Tailândia, diz Marinha

A Equipe de Operações Especias da Marinha Tailandesa confirmou que quatro meninos foram retirados do complexo de cavernas de Tham Luang, no norte da Tailândia, no segundo dia do resgate. Agora já são 8 garotos que estão fora da caverna, recebendo tratamento no hospital da Chiang Rai. Outras 5 pessoas do grupo — 4 meninos e o técnico da equipe de futebol Javalis Selvagens — aguardam para serem resgatados provavelmente amanhã.

O anúncio foi feito pela Marinha na página da Equipe de Operações Especiais (SEAL, na sigla em inglês) no Facebook. Como tem feito desde o início, a Marinha publica uma breve, mas bem humorada mensagem: "Javali 1, Javali 2, Javali 3, Javali 4, Javali 5, Javali 6, Javali 7 e Javali 8: fora da caverna! Viva!".
]
O grupo está preso na caverna desde o dia 23 de junho, quando foram surpreendidos por uma forte chuva que inundou os túneis e impediu sua saída.

Nenhum dos meninos resgatados teve sua identidade revelada.

De acordo com a emissora de TV pública local Thai PBS, os meninos foram levados de ambulância até os helicópteros que aguardavam a 5 minutos da saída da caverna. Pelo ar, eles foram levados para a escola Ban San Kong, onde outra ambulância aguardava para levá-los até o hospital.

O que se sabe sobre o resgate

Neste segundo dia de resgate, os mergulhadores entraram na caverna por volta das 11h desta segunda-feira, horário local (1h no horário de Brasília). O primeiro menino resgatado deixou a caverna por volta das 17h (7h no Brasil). Ainda não há mais detalhes das ações realizadas no segundo dia de operações de resgate em Tham Luang.

O professor de 25 anos e os 4 meninos que seguem na caverna estão na pequena câmara onde foram encontrados por mergulhadores britânicos no dia 2 de julho, 10 dias depois de se perderem nos túneis.

Para serem resgatados, cada um deles é acompanhado no trajeto por dois mergulhadores. Uma parte da caverna está inundada, com trechos que podem ter até 5 metros de profundidade. Nestes trechos, é preciso mergulhar.

Os meninos usam máscaras faciais que cobrem todo o rosto e permitem que a pessoa respire pelo nariz. Esta foi a opção para que os meninos não precisassem treinar a técnica da respiração pela boca e não ficassem nervosos ao longo do caminho.

Estas máscaras são conectadas a um tanque de oxigênio que é carregado pelo mergulhador que vai à frente do trio. Os tanques são pesados e dificultam o movimento de pessoas leigas em mergulho.

O outro mergulhador fica preso ao menino com uma corda pela cintura e fará o trajeto atrás dele. A função deste segundo mergulhador é agir como um "propulsor", diminuindo o esforço que os meninos e o técnico, cansados e mal nutridos depois de tantos dias na caverna, tem de fazer.

Fonte: gazetadigital
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
* O Arinos Noticias não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
mais notícias
18/09/2018
17/09/2018
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
enquete
O que você prefere ler?
Polícia
Política
Agronegócios
Variedades
Educação

Se nenhuma das opções sugeridas for de sua escolha, mande sua sugestão através do menu contato
Copyright © 2018 - Arinos Notícias