Bem vindo ao Arinos Notícias, Domingo, 22 de Julho de 2018
Notícia
     
11 de Julho, 2018 - 08:51
Carrefour investirá 3 milhões de euros em produtores assentados para a produção de bezerros

Um programa de investimentos em mais de 3 milhões de euros até 2020 para a produção sustentável de bezerros em mais de 450 pequenas propriedades de criadores beneficiados por programas de assentamentos do Governo Federal e estadual de onze municípios nas regiões do Vale do Juruena e do Vale do Araguaia, em Mato Grosso, foi anunciado na manhã de hoje pelo Grupo Carrefour, Fundação Carrefour e Iniciativa para o Comércio Sustentável (IDH) no Palácio Paiaguás, sede do governo de Mato Grosso. Situadas no noroeste e leste do Estado as regiões representam 40% da produção de bezerros no estado, que abastecem boa parte da cadeia produtiva da carne bovina no país.

Sob essa estratégia, a Fundação Carrefour, instituição internacional responsável pelo investimento social do Grupo Carrefour, vai aportar, junto aos parceiros Acrimat (Associação dos Criadores do Mato Grosso) e Fazenda São Marcelo, 1,9 milhão de euros até 2020.
O objetivo é apoiar pequenos agricultores numa área de 156 mil hectares em uma cadeia de produção “mais forte e justa”, construindo um modelo socioeconômico viável. A IDH por sua vez participará com um co-investimento de 1,6 milhão de euros.

Apesar de receberem dos programas dos governos um lote de terra, com de cerca de 400 hectares cada, os produtores precisam de suporte na produção, como linhas de financiamento adequadas, assistência técnica para melhoramento genético e do pasto e apoio para legalização fundiária e ambiental.

A região está localizada em dois dos mais importantes biomas brasileiros, Amazônia e Cerrado, respectivamente, possuem mais de 80% da vegetação nativa preservada. A iniciativa tem também papel relevante pois visa manter os atuais níveis de conservação, mas busca melhorá-los com mecanismos de restauração e de compensação ambiental “promovendo uma produção sustentável e economicamente viável”, explica Paulo Pianez, Diretor de Sustentabilidade do Grupo Carrefour.

Os parceiros de implementação do programa são a Acrimat, NatCap e Fazenda São Marcelo.

O programa tem como objetivo a entrega de resultados à estratégia Produzir, Conservar e Incluir (PCI), lançada pelo Estado de Mato Grosso na Convenção do Clima realizada em Paris, em dezembro de 2015 que estabeleceu metas para 2030 e é voltada ao aumento da eficiência da produção agropecuária e florestal no Estado, além da conservação da vegetação nativa, recomposição dos passivos ambientais e auxiliar na inclusão socioeconômica da agricultura familiar, restauração de pastos degradados, a redução do desmatamento e o incentivo à agricultura de baixo carbono.

“Esta é uma abordagem inovadora para o desenvolvimento sustentável, uma vez que conecta os mercados nacional e internacional para a gestão das áreas de produção de forma sustentada, agregando aspectos social e econômicos de uma só vez”, diz Daniela Mariuzzo, Diretora Executiva da IDH no Brasil.

Sophie Fourchy, diretora da Fundação Carrefour, ressalta que os pequenos produtores terão estrutura completa, com conhecimento técnico, acesso a financiamento, remuneração justa e legalidade”.

Carrefour 2022 - A iniciativa “Produção Sustentável de Bezerros? está alinhada ao plano de transformação global, o “Carrefour 2022?, anunciado em janeiro pelo Grupo que busca a nova estratégia chamada “transição alimentar”, que visa permitir que seus clientes consumam melhores produtos, através de suas cadeias de fornecimento sejam cada vez mais sustentáveis na cadeia produtiva e de abastecimento de carne bovina no país”, enfatiza Noël Prioux, CEO do Grupo Carrefour Brasil.

A partir de uma política nacional específica para a compra de carne bovina in natura, a companhia adotou um sistema para monitorar os processos produtivos e práticas socioambientais de todos os seus fornecedores no país. A ferramenta está sendo implantada progressivamente em 100% dos parceiros, que devem atender rigorosamente aos critérios e boas práticas estabelecidas por esta política, como o desmatamento zero.

O sistema cruza os dados das plantas produtivas de cada fornecedor com critérios públicos para identificar possíveis inconformidades, coibindo que as fazendas produzam carne em áreas de desmatamento ou embargadas, unidades de conservação, terras indígenas ou mesmo com uso de trabalho escravo. Com a medida, milhares de fazendas que fornecem para os frigoríficos parceiros do Carrefour são rigorosamente acompanhadas.

No Brasil, o Carrefour apoia iniciativas setoriais, como o GTS – Grupo de trabalho da Soja, o GTC Grupo de Trabalho do Cerrado, o GTPS - Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável, dentre outras. A empresa também é membro fundador do InPacto – Instituto Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo. Em 2013, foi pioneira no lançamento da carne bovina com certificação Rainforest Alliance. O selo atesta que a carne é proveniente de fazendas que seguem rigorosas normas internacionais de conservação ambiental.

Há mais de 40 anos no país, o Grupo Carrefour Brasil é líder de mercado de distribuição de alimentos.

Fonte: plantaonews
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
* O Arinos Noticias não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
mais notícias
19/07/2018
18/07/2018
 menos   1   2   3   4   5   6   7   mais 
enquete
O que você prefere ler?
Polícia
Política
Agronegócios
Variedades
Educação

Se nenhuma das opções sugeridas for de sua escolha, mande sua sugestão através do menu contato
Copyright © 2018 - Arinos Notícias