Bem vindo ao Arinos Notícias, Terça-Feira, 16 de Outubro de 2018
Noticia
     
4 de Agosto, 2018 - 09:30
Coreia do Norte continua desenvolvendo programa nuclear, diz ONU

Conclusão é de um relatório confidencial das Nações Unidas que foi revelado neste sábado.


A Coreia do Norte continua desenvolvendo programas nucleares e de mísseis, o que viola as sanções internacionais impostas ao país. A conclusão é de um relatório confidencial das Nações Unidas que foi revelado neste sábado (4) pela CNN.




O documento foi elaborado por analistas independentes que apresentam seus resultados a cada seis meses ao Comitê de sanções à Coreia do Norte do Conselho de Segurança da ONU.

Imagens de satélite datadas de 22 de julho mostram o aparente desmanche de instalações na estação de lançamento de satélites Sohae, na Coreia do Norte (Foto: Handout/Pléiades © Cnes 2018, Distribution Airbus DS/AFP)



O relatório da ONU vem a público no momento em que o secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, está em Singapura para uma reunião ministerial da Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN).



Nesse fórum, Pompeo afirmou que defende que se mantenha a pressão diplomática e econômica sobre Pyongyang enquanto o país não der passos concretos para desmantelar seu programa nuclear.








Compromisso com fim das armas nucleares






Em junho, a Coreia do Norte se comprometeu em desmontar o seu programa nuclear durante o encontro inédito de seu líder, Kim Jong-un, e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em Singapura.



Ao retornar a Washington depois do encontro, Trump chegou a postar no Twitter uma mensagem na qual dizia que “não existe mais uma ameaça nuclear da Coreia do Norte”.



Os dois países se comprometeram a "deixar o passado para trás" e afirmaram que "o mundo verá uma grande mudança". Porém, o documento final não estabelecia metas ou detalhes de como o abandono da produção de armas seria feito de forma completa, irreversível e verificável, como pedem os Estados Unidos.

Kim e Trump se cumprimentam (Foto: AFP)




A entrega dos restos mortais que seriam de soldados americanos vítimas da Guerra na Coreia (1950-1953) é vista como concreto firmado pelas duas partes até agora.





A transfência nesta semana das caixas com restos mortais, que ainda passarão por um processo de identificação, foi vista como um gesto de boa vontade de Kim. Trump agradeceu e disse que espera revê-lo em breve.






O relatório também diz que a Coreia do Norte desafia as sanções através de pessoal diplomático e outros norte-coreanos radicados no exterior e continua vendendo armas convencionais.



Para a CNN, o relatório da ONU parece confirmar as notícias publicadas pelo jornal "The Washington Post" há poucos dias, que sugeriam que o Serviço de Inteligência dos EUA tinha encontrado novas informações, incluindo imagens de satélite, que mostravam que a Coreia do Norte poderia estar em processo de construção de novos mísseis.



 

Fonte: G1
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
* O Arinos Noticias não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
mais notícias
15/10/2018
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
enquete
O que você prefere ler?
Polícia
Política
Agronegócios
Variedades
Educação

Se nenhuma das opções sugeridas for de sua escolha, mande sua sugestão através do menu contato
Copyright © 2018 - Arinos Notícias