Bem vindo ao Arinos Notícias, Terça-Feira, 21 de Agosto de 2018
Noticia
     
8 de Agosto, 2018 - 09:16
MT deve se manter na liderança como maior produtor de milho e soja pelos próximos 10 anos

Produção de soja deve passar de quase 32 mil toneladas para pouco mais de 43 mil toneladas.


Mato Grosso deve se manter na liderança como maior produtor de milho e soja pelos próximos 10 anos, segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Os números fazem parte de uma projeção para a safra 2027/208, divulgada pelo órgão na segunda-feira (6).

Em 10 anos, segundo o levantamento, o Brasil deve produzir uma safra de grãos estimada em 301,8 milhões de toneladas.

O número representa um acréscimo de 29,8% sobre a atual safra, estimada em 232,6 milhões de toneladas. A taxa de aumento anual até o cumprimento da projeção é de 2,5% ao ano.

A produção de grãos deve aumentar 14,9% entre as safras de 2017/2018 e 2027/2028.

Neste período, Mato Grosso deve se manter na liderança de milho e soja. Ao todo, a produção no estado deve passar de quase 32 mil toneladas para pouco mais de 43 mil toneladas. O percentual entre as duas safras é de 33,2%.

Apesar do aumento, a projeção fica abaixo do crescimento ocorrido nos últimos 10 anos no Brasil, que foi de 106,5%.

A expansão da cultura deve acontecer através do uso de terras disponíveis, ocupação de terras de pastagens e substituição de lavouras.

Mesmo na liderança, Mato Grosso deverá perder força nesse processo de expansão de novas áreas. O motivo, segundo a projeção do governo, é o preço das terras que são mais que o dobro nos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, por exemplo.

A produção de milho no estado também deve expandir. Entre as safras 2017/2018 e 2027/2028 o aumento deve ser de 45,5%. A produção no estado deve saltar de 26,7 mil toneladas para 38,8 mil toneladas.

De acordo com Mapa, técnicos que trabalham com a cultura a área deve aumentar mais do que está sendo previsto e, talvez, se aproxime mais do seu limite superior de crescimento.

Projeção do Mapa

Segundo o governo, o trabalho tem por objetivo indicar as direções do desenvolvimento do agronegócio e fornecer material para os formuladores de políticas públicas voltadas ao setor.

“As tendências indicadas permitirão identificar trajetórias possíveis, bem como estruturar visõesde futuro do agronegócio no contexto mundial para que o país continue crescendo e conquistando novos mercados”, diz trecho da publicação.

Fonte: GC Notícias
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
* O Arinos Noticias não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
mais notícias
20/08/2018
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
enquete
O que você prefere ler?
Polícia
Política
Agronegócios
Variedades
Educação

Se nenhuma das opções sugeridas for de sua escolha, mande sua sugestão através do menu contato
Copyright © 2018 - Arinos Notícias