Bem vindo ao Arinos Notícias, Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Noticia
     
1 de Novembro, 2018 - 15:53
Bovespa fecha em alta e renova máxima histórica com expectativa para novo governo


O Ibovespa subiu 1,14%, a 88.419 pontos, após chegar a passar o patamar dos 89 mil pontos mais cedo. O Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, a B3, fechou em alta nesta quinta-feira (1), renovando o recorde histórico, com o cenário externo positivo e os agentes financeiros na expectativa de novos anúncios sobre a equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro, além dos planos para a economia.





O Ibovespa subiu 1,14%, a 88.419 pontos. Na máxima, chegou a 89.017 pontos, renovando também a máxima histórica intradia. Veja mais cotações.





Ibovespa em 2018


Pontuação de fechamento



28/1211/123/105/0219/021/313/323/35/417/427/0410/522/0504/0614/0626/066/719/731/0710/822/83/914/926/78/1019/1031/1065k70k75k80k85k90k


6/3

 : 85.653





Fonte: B3




Análise técnica do Itaú BBA aponta que o Ibovespa segue em tendência de alta e poderia ganhar "novo impulso em direção a 91.700 e 95.300 pontos" se conseguisse superar os 88.400 pontos.




O mercado acionário acelerou o ganho depois da confirmação de que o juiz federal Sérgio Moro aceitou o convite de Bolsonaro para chefiar o Ministério da Justiça e Segurança Pública.




As ações do Bradesco avançavam fortemente e contribuíam para os ganhos do Ibovespa, com altas acima de 5%, após aumento no lucro líquido no terceiro trimestre.




"O Bradesco apresentou bons resultados no terceiro trimestre de 2018, com resultados em linha com nossas estimativas acima do consenso. Os resultados não foram apenas fortes, mas as principais tendências operacionais também melhoraram: crescimento de empréstimos, margens e qualidade de ativos", escreveram analistas do Itaú BBA liderados por Thiago Bovolenta Batista, em relatório a clientes. No dia anterior, o Ibovespa subiu 0,62%, aos 87.423 pontos. Em outubro, o Ibovespa acumulou ganho de 9,85%, tendo o segundo melhor desempenho mensal do ano -em janeiro, subiu 11,3%, segundo a Reuters.




 

Fonte: G1
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
* O Arinos Noticias não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
mais notícias
14/11/2018
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
enquete
O que você prefere ler?
Polícia
Política
Agronegócios
Variedades
Educação

Se nenhuma das opções sugeridas for de sua escolha, mande sua sugestão através do menu contato
Copyright © 2018 - Arinos Notícias