Bem vindo ao Arinos Notícias, Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019
Noticias
     
19 de Julho, 2019 - 10:29
Escola fechada para reforma está há 5 anos com obra parada e alunos estudam em prédio alugado em MT

Reforma foi orçada em mais de R$ 1,2 milhão e a previsão de entrega era de quatro meses. Prédio improvisado custa R$ 28 mil por mês e apresenta problemas de infraestrutura.


A Escola Estadual Sebastião Patrício, em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, está fechada desde 2014, quando uma obra foi iniciada no local. A reforma, orçada em mais de R$ 1,2 milhão e com previsão de entrega em quatro meses, encontra-se abandonada e os alunos estão estudando em um prédio alugado pelo governo.




Em todo o estado, existem 38 obras, na área da educação, paradas. Mato grosso está em 3° lugar no ranking nacional.



Em nota, a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) informou que o projeto geral da escola está sendo revisado pela secretaria de Infraestrutura e Logística, e que a obra será retomada assim que o estado tiver disponibilidade financeira. A Seduc também declarou que a obra está parada desde o dia 14 de novembro de 2018.



O local foi projetado para ter dez salas de aula. No entanto, o número de alunos cresceu nos últimos cinco anos e, atualmente, são necessárias 17 salas para atender a demanda.


“A escola está abandonada e o dinheiro que foi investido nas reformas já foi 'jogado' fora. Serão necessários novos recursos, que poderiam ser usados para melhorar outras áreas para os estudantes”, afirmou a mãe de um aluno, Gisele mendes.



A diretora da escola, Dores Emores, disse que protocolou um pedido para a construção de mais salas, que será analisado pelo governo do estado. Na semana passada, a unidade recebeu um comunicado de que a obra deverá ser retomada em até noventa dias.



O prédio alugado onde os alunos frequentam as aulas, tem um custo mensal de R$ 28 mil, segundo a diretora. Além disso, os alunos e professores precisam conviver com as paredes mofadas, ar-condicionado estragado e falta acessibilidade.



“Como o prédio é antigo, nós gastamos muito em manutenção, principalmente em época de chuva, pois alaga as salas e, muitas vezes, não conseguimos dar aula”, disse a diretora.




Os estudantes afirmaram que, quando chove, o local fica perigoso, pois grandes possas de água são formadas pela escola e os tetos e paredes mofadas ameaçam cair.








Escola Estadual Sebastião Patrício, em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, está fechada desde 2014, quando uma obra foi iniciada no local; foto mostra prédio onde os alunos estudam desde então — Foto: TV Centro América

Fonte: G1 MT
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
* O Arinos Noticias não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
mais notícias
10/09/2019
09/09/2019
 menos   4   5   6   7   8   9   10   mais 
enquete
O que você prefere ler?
Polícia
Política
Agronegócios
Variedades
Educação

Se nenhuma das opções sugeridas for de sua escolha, mande sua sugestão através do menu contato
Copyright © 2019 - Arinos Notícias