Bem vindo ao Arinos Notícias, Sexta-Feira, 15 de Novembro de 2019
Noticias
     
4 de Setembro, 2019 - 08:26
Acusados de explodir caixas eletrônicos são flagrados pela GCCO ‘lavando’ dinheiro com whisky

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) apreendeu, na tarde da última terça-feira (03), R$ 102.750,00, em notas machadas, que foram furtadas durante a tentativa e furto ocorridos na madrugada de segunda-feira (02), nas agências do Sicred (Ouro Verde) e Banco do Brasil (CPA II), em Cuiabá. No flagrante, os policiais encontraram criminosos tentando retirar a tinta do sistema antiassalto com whisky.


Após a prisão de sete suspeitos envolvidos nas explosões de caixas eletrônicos das agências, na segunda-feira (02), os policiais receberam informações, aliadas a outros dados da apuração, de uma casa no bairro Jardim Vitória, onde estaria o dinheiro subtraído.


 

No local, os policiais surpreenderam três homens lavando o dinheiro  em três bacias com whisky. Os suspeitos tentavam literalmente limpar as cédulas manchadas com a bebida destilada. Na casa, foi apreendido um veículo Siena, que teria sido usado no apoio aos criminosos.

 

Os suspeitos foram levados para sede da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e autuados em flagrante por tentativa de furto, furto qualificado mediante explosão e associação criminosa. Os nomes não foram divulgados.

 

Segundo a delegada Juliana Palhares eles negam a participação nas explosões das agências, alegando que apenas estavam fazendo a lavagem do dinheiro.

 

A investigação aponta que mais de mil reais foram comprados em whisky. Um dos presos confirmou terem sido compradas dez garrafas da bebida, mostrando que estavam se preparado para ação criminosa.



O caso



Um empresário, cujo nome não foi divulgado, está entre os sete presos por envolvimento na explosão de um caixa eletrônico do Banco do Brasil do CPA II, em Cuiabá. As prisões em flagrante foram realizadas pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), na tarde da última segunda-feira (2). Em uma das residências dos alvos, foi apreendida a quantia de R$ 63 mil. O montante furtado do banco não foi divulgado.



 

Fonte: OLHAR DIRETO
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
* O Arinos Noticias não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
mais notícias
01/11/2019
31/10/2019
 menos   4   5   6   7   8   9   10   mais 
enquete
O que você prefere ler?
Polícia
Política
Agronegócios
Variedades
Educação

Se nenhuma das opções sugeridas for de sua escolha, mande sua sugestão através do menu contato
Copyright © 2019 - Arinos Notícias