Bem vindo ao Arinos Notícias, Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019
Noticias
     
24 de Setembro, 2019 - 08:02
Fogo em casa que matou mãe e filha teria sido causado por vela acesa por criança durante queda de energia em MT

Uma testemunha relatou à polícia que a luz da casa tinha acabado. Uma das crianças pegou um isqueiro e acendeu uma vela ao lado do colchão quando o fogo começou.



O incêndio em uma casa de madeira, que matou mãe e filha em Tapurah, a 414 km de Cuiabá, teria sido causado por uma vela acesa por uma criança durante uma queda de energia na cidade. A informação é da Polícia Civil, que investiga o acidente.





O fogo ocorreu na noite deste domingo (22) e deixou duas mulheres mortas. Segundo o Corpo de Bombeiros, havia quatro pessoas na casa, duas crianças de 4 e 6 anos e a avó e a bisavó delas.




De acordo com a Polícia Civil, as vítimas foram identificadas como Maria Francisca de Mello Batista, de 89 anos, e Terezinha Batista, de 54 anos.



Uma das crianças conseguiu escapar pela janela e a outra saiu pela porta da casa. Os vizinhos e os bombeiros tentaram apagar o fogo, mas as duas mulheres não conseguiram sair e acabaram morrendo.




As crianças receberam atendimento no hospital municipal da Tapurah.




Uma testemunha relatou à polícia que a luz da casa tinha acabado. Uma das crianças pegou um isqueiro e acendeu uma vela ao lado do colchão quando o fogo começou.




As vítimas pegaram uma mangueira para tentar apagar o fogo, mas acabaram morrendo.


 




Por causa da chuva com vento registrada na região, houve a queda de energia. E, como faltou energia na residência, a família teria acendido uma vela que caiu no colchão e iniciou o incêndio, na residência, que fica no Bairro Cristo Rei.




Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Sorriso. Para o combate as chamas, foi usado um caminhão-pipa.





Segundo os bombeiros, o fato de a estrutura da casa ser de madeira ajudou que o fogo se propagasse ainda mais rápido e desmoronasse parte do imóvel. A delegacia de Tapurah investiga o caso.


 








 






 

Fonte: G1 MT
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
* O Arinos Noticias não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
mais notícias
21/10/2019
18/10/2019
17/10/2019
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
enquete
O que você prefere ler?
Polícia
Política
Agronegócios
Variedades
Educação

Se nenhuma das opções sugeridas for de sua escolha, mande sua sugestão através do menu contato
Copyright © 2019 - Arinos Notícias