Bem vindo ao Arinos Notícias, Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019
Noticias
     
25 de Setembro, 2019 - 07:49
Pai mata filho de 2 anos afogado em bacia

O jovem de 21 anos, que confessou ter matado o filho de 2 anos afogado em uma bacia, há 5 dias, em Campo Grande, respondeu a uma mensagem da mãe 1h30 antes do crime, dizendo que o menino estava bem e alimentado. Segundo consta no inquérito, Evaldo Christyan Dias Zenteno também enviou uma foto, onde o menino está sentado em uma cadeira, logo após o almoço.


“A mãe realmente mandou uma mensagem, perguntando como o menino estava, por volta das 14 horas. Ele respondeu e também enviou uma foto. A investigação aponta que, cerca de 1h30 depois, ele cometeu o crime. O pai então ligou para a mãe, contando a versão mentirosa. Ela só soube que era o pai o autor do crime no momento em que ele confessou na delegacia”, afirmou ao G1 o delegado Leandro Azevedo, plantonista da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro.


Na ligação, ainda conforme o delegado, Evaldo disse para a mãe da criança que teria sido assaltado. “No depoimento a mãe diz que o pai contou do assalto, falando que tinham jogado o filho dela e a mãe não sabia se na rua ou em algum rio. Ela já começou a chorar e o irmão dela, tio da criança, pegou o telefone. Foi ele quem conversou com o Evaldo depois e lá ele tentou explicar melhor a versão mentirosa”, ressaltou o delegado.


Já na delegacia, segundo Azevedo, a versão do pai “não se sustentava”. “Ele falou primeiro que perseguiu os assaltantes atrás do filho e viu eles jogando o menino no córrego na Ernesto Geisel. Foi aí que questionamos aonde e ele não sabia falar, não tinha detalhe algum e nada batia. Nós trabalhamos com ocorrências e percebemos que era algo totalmente atípico, um suposto sequestro sem motivo e foi aí que ele confessou”, explicou.


Sobre o relacionamento com a ex, o delegado disse que a jovem, também de 21 anos, comentou que a separação era recente, de cerca de 3 a 4 meses. “A menina comentou que ele [Evaldo] não tinha demonstração de violência mas, insistia em voltar com ela. Ele parecia não se conformar com o término. Nós ouvimos além dela, o tio da criança e também a pessoa que emprestou o carro para ele”, contou.


Além destes questionamentos, o delegado fala que perguntou sobre o momento do crime. “Ele primeiro disse que colocou o menino na bacia de roupa e depois não quis mais dar detalhes. O depoimento dele nos leva a crer que o pai planejou o crime, mas, esqueceu de planejar a mentira e por isso ele acabou confessando. No caso dele, se a prisão não ocorresse em flagrante, aconteceria algumas horas ou dias depois”, avaliou.


Algumas horas após confessar o crime e passar pela audiência de custódia, Evaldo foi encaminhado para o Instituto Penal. De acordo com a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen-MS), o jovem está no setor onde ficam estupradores, pois, lá é considerado seguro. Ele fez a triagem nesta mesma ala e não há previsão para a saída de Evaldo deste local.


Ainda conforme a polícia, o avó do menino, um homem de 53 anos, também está preso. Ele teria sido flagrado enquanto estuprava duas crianças de 6 e 9 anos, no município de Aquidauana, região leste do estado. O crime ocorreu no dia 23 de junho de 2017 e as investigações apontaram que ele atraía as vítimas com doces e adesivos infantis.

Fonte: Noticias Mato Grosso
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
* O Arinos Noticias não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
mais notícias
21/10/2019
18/10/2019
17/10/2019
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
enquete
O que você prefere ler?
Polícia
Política
Agronegócios
Variedades
Educação

Se nenhuma das opções sugeridas for de sua escolha, mande sua sugestão através do menu contato
Copyright © 2019 - Arinos Notícias