Bem vindo ao Arinos Notícias, Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019
Noticias
     
10 de Outubro, 2019 - 07:48
Assembleia recebe pedido de abertura de CPI contra Energisa com 18 assinaturas

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso deve instalar mais uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) nos próximos dias. Dessa vez, a investigação será na Energisa, concessionária fornecedora de energia elétrica para o estado que é alvo de críticas dos usuários em relação ao aumento no preço da tarifa. Os deputados querem saber se há cobrança abusiva e falhas na prestação de serviço ao consumidor causadas pelo enxugamento no quadro de funcionários.


O pedido de abertura é do deputado Elizeu Nascimento (DC) e conta com a assinatura de 18 parlamentares, dez a mais do que o número mínimo exigido pelo regimento da Assembleia. O requerimento já foi recebido pela Mesa Diretora e nos próximos dias deve ser efetuada a composição da Comissão.


O deputado Elizeu enfatizou a insatisfação dos consumidores com a Energisa e lembrou que a companhia costuma liderar o ranking de reclamações no Procon estadual. “É preciso uma investigação dos serviços prestados por essa empresa, pois há algum tempo tem reiteradas reclamações sobre abuso no valor cobrado na conta de energia e do precário atendimento feito à população”, justificou Elizeu.


O presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho (DEM), declarou apoio ao pleito do Democrata Cristão e também assinou o pedido de CPI. Além disso, solicitou audiência pública para cobrar os diretores da empresa.


Atualmente a Assembleia tem aberta a CPI da Sonegação e Renúncia Fiscal, cuja presidência está com o deputado Wilson Santos (PSDB), e que está na fase de oitivas de testemunhas.


Só Notícias/Marco Stamm, de Cuiabá (foto: Ronaldo Mazza/arquivo)

Fonte: só noticias
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
* O Arinos Noticias não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
mais notícias
21/10/2019
18/10/2019
17/10/2019
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
enquete
O que você prefere ler?
Polícia
Política
Agronegócios
Variedades
Educação

Se nenhuma das opções sugeridas for de sua escolha, mande sua sugestão através do menu contato
Copyright © 2019 - Arinos Notícias