Bem vindo ao Arinos Notícias, Sábado, 06 de Junho de 2020
Noticia
     
1 de Abril, 2020 - 15:11
Médica que questionou dados sobre coronavírus está desaparecida

A diretora do departamento de emergência do Hospital Central de Wuhan, Ai Fen, está desaparecida desde que denunciou, em entrevista, ter sido silenciada sobre um relatório com o diagnóstico do coronavírus, em dezembro de 2019. Ela foi uma das primeiras médicas a estudar a Covid-19, que apareceu pela primeira vez na China. O país, após meses de isolamento, registra melhoras na economia.


No ano passado, a médica contou à revista americana People que tinha um documento com detalhes sobre o vírus. Porém, ao ser proibida por seus supervisores de falar sobre o assunto, Ai Fen tornou a situação pública e confessou o ocorrido a uma revista chinesa. O governo chinês ordenou que a entrevista fosse apagada da internet e, desde então, o paradeiro da médica é desconhecido.


Segundo o depoimento, 95% dos casos poderiam ter sido contidos.


À revista, ela também contou que foi censurada por um profissional de saúde do hospital, que a acusou de espalhar “boatos” sobre o coronavírus. A comissão de saúde da China também foi atrás do marido de Ai, exigindo o silêncio do companheiro.

Fonte: A Folha do Médio Norte
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
* O Arinos Noticias não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
mais notícias
04/06/2020
27/05/2020
25/05/2020
20/05/2020
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
enquete
O que você prefere ler?
Polícia
Política
Agronegócios
Variedades
Educação

Se nenhuma das opções sugeridas for de sua escolha, mande sua sugestão através do menu contato
Copyright © 2020 - Arinos Notícias