Bem vindo ao Arinos Notícias, Sábado, 28 de Maio de 2022
noticias
     
14 de Janeiro, 2022 - 14:38
Sete hospitais públicos não têm mais vagas em UTI para covid-19

O rápido crescimento de casos de covid-19 já levou o sistema de saúde de Mato Grosso de volta à zona de 'alerta vermelho'. A atualização desta quinta-feira (13) do boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES) aponta que 78% dos leitos de UTI disponíveis no estado estão ocupados, e sete hospitais públicos já não têm mais vagas em UTI.

Ao todo, há 147 pacientes com quadro grave de covid-19 em tratamento no estado, para 194 leitos disponíveis no sistema de saúde. Atualmente 35 leitos adultos estão disponíveis para internação. Há ainda duas crianças em leitos de UTI Pediátrica para tratamento da doença.

Conforme os dados da SES, já não há mais vagas em UTI para atender pacientes de covid-19 nos hospitais Universitário Júlio Muller (Cuiabá), Estadual Santa Casa (Cuiabá), Pronto-Socorro Milton Morbeck (Barra do Bugres), Metropolitano Hospital Estadual Lousite Ferreira da Silva (Várzea Grande), Hospital Regional de Sinop, Hospital Regional de Peixoto de Azevedo e Hospital Municipal de Querência.

O Hospital Regional Hilda Strenger, em Nova Mutum, e o Municipal de Juína estão no limite da zona de alerta, que é de 60% de ocupação. Outros três hospitais estão operando acima do ‘alerta vermelho’. São eles:

Santa Casa de Rondonópolis - 70%

Vale do Guaporé (Pontes e Lacerda) – 90%;

Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá – 66,6%.

Com a redução do número de casos e controle da pandemia ao longo de 2021, o Estado fechou boa parte dos leitos. A taxa de ocupação permaneceu baixa por um longo período, devido à situação de estabilidade vivida em todo o país. No auge da pandemia, Mato Grosso chegou a ter mais de 500 leitos de UTI. Após o desativamento, restam apenas 194 leitos pactuados com o SUS.

Desde o começo de 2022, houve um aumento súbito no número de infecções pelo coronavírus. Essa elevação é atribuída à intensa movimentação de pessoas para as festas de final de ano. Os números mais recentes apontam que há mais de 11 mil casos ativos da doença em Mato Grosso, dos quais 2.333 mil foram registrados apenas nas últimas 24h.

Fonte: Estadão Mato Grosso
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
* O Arinos Noticias não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
mais notícias
27/05/2022
26/05/2022
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
enquete
O que você prefere ler?
Polícia
Política
Agronegócios
Variedades
Educação

Se nenhuma das opções sugeridas for de sua escolha, mande sua sugestão através do menu contato
Copyright © 2022 - Arinos Notícias